quarta-feira, dezembro 26, 2007

Acesso à Página Interna - Cadastro

Venha fazer parte da Família Perini: - Faça o seu cadastramento gratuitamente para ter acesso à página interna de nosso site. Participe postando fotos de seu núcleo familiar, colocando suas legendas e comentários, divulgando notícias de interesse da cultura dos valores ítalo-brasileira, do seu trabalho e de sua empresa. "Benvenuto alla Famiglia Perini e Amici".

16 comentários:

Anônimo disse...

Gosto muito da empresa  pois sou bem atentida quanto á visito

Anônimo disse...

Sou Anderson Messina Perini, neto de Vicente Antonio Perini e bisneto de Sebastião Perini, moro em Marília-SP, mas meus Avós moram em Flórida Paulista desde pequenos, queria saber mais sobre a familia perini e ajudar a completar sobre a história.

Maria Izabel Perini Muniz disse...

Recebi este endereço do blog por parte de Evanilto Perini. Sou filha de Frederico Elidio Perini, neta de Josepe Perini e bisneta de Antônio Perini e Lucia Ferrari que vieram da Itália em 1875, para a antiga Colônia do Thimbui, atualmente município de Santa Teresa, Espírito Santo.
Gostei da possibilidade de me comunicar com pessoas da família, que nem conheço e formar esta comunidade com troca de informações sobre a imigração italiana.
Maria Izabel Perini Muniz

Jessy K. disse...

Sou Jessica Perini Brandao
Eu estou tentando descobri mais sobre os Perini's, tudo que sei e que tenho descendencia Italiana.
Se tiverem mais informaçoes gostaria de saber.
Grazie!

Anônimo disse...

Jessica...para que possamos te ajudar precisamos saber tua ascendencia, nomes, locais de nascimento etc..bj.ciao
Evanilto Perini
Presidente dell'Afapam

Jessy Perini. disse...

Sei que meus bisavos por parte de pai nasceram em Udinei ( familia Lune), mas nao sei se chegaram a viver lá.
Mas sobre a Familia Perini da qual herdo o sobrenome, nao sei nada a respeito.. minha familia nao me da muitos detalhes sobre meus avós, sempre que toco no assunto eles logo o mudam. De fato é um misterio

Anônimo disse...

Hola, nosotros somos la familia Perini de la provincia de Córdoba, Argentina. Nietos del Maestro Mario Perini, gran músico y compositor, ex director de la Orquesta Sinfónica y del Coro Polifónico de Córdoba. Quisiéramos saber si alguno de ustedes forman parte de nuestra familia para conocer nuestros antecedentes. Lo único que sabemos es que nuestros bisabuelos eran italianos y se llamaban Augusto y Emma Amidei Perini, vinieron a la Argentina durante la época de la primera guerra mundial. Augusto Perini era un excelente escultor en mármol. Comuníquense por favor con nosotros a la dirección de e-mail chrisper2005@live.com.ar. Gracias!!!
Christian.-

Evanilto disse...

Região: Atividades do Dia do Vinho já começaram - 09/05/2010 - 19:07:55
Neste ano de 2010 o Dia do Vinho é celebrado em 6 de junho. Houve durante esta quinta-feira na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, através de parceria com o Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho), o lançamento oficial das atividades em torno da data.

Na região as entidades promotoras apostam na Caravana do Dia do Vinho, que já começou, sendo realizada em Santa Maria, no centro do Estado. Para celebrar o dia, cinco municípios se integraram em uma programação paralela: Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Garibaldi e Monte Belo do Sul. Os festejos somam mais de 140 atividades.

A organização do evento está sob a responsabilidade do Ibravin, Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares da Região Uva e Vinho e Secretarias de Turismo dos municípios envolvidos.

A Diretora Executiva do Sindicato, Márcia Ferronato, salienta como está a programação (áudio).



para ouvir clique


Felipe Machado - Agência RSCOM

Evanilto disse...

://www.oriundi.net/index.php Turismo Nasce Easy Italia, il nuovo servizio telefonico multilingue diinformazione e assistenza ai turisti [it]terça-feira - 18/05/2010 Imagem: Turismo in ItaliaTutti i giorni,al numero 039.039.039, chi visita l'Italia potrà avereaiuto e pronto intervento in caso di incidenti o disagi di varianatura. Parte “Easy Italia – In vacanza senza pensieri” il nuovoservizio telefonico multilingue di informazione e assistenza aituristi italiani e stranieri, realizzato dal Formez PA per conto delMinistro del turismo. Tutti i giorni, domenica e festivi compresi, dalle 9,00 alle 22.00, alnumero 039.039.039 (tre volte il prefisso internazionale dell’Italia),con una semplice chiamata, chi visita l'Italia potrà avere aiuto epronto intervento in caso di incidenti o disagi di varia natura(eventuali disservizi o servizi turistici non conformi al contratto,richiesta di intervento medico, delle forze dell’ordine etc),collegamento diretto con le reti informative dei vari territori,consigli di viaggio, consulenza dedicata per conoscere i propridiritti di viaggiatore, informazioni aggiornate su musei, mostre,attrazioni turistiche e un’assistenza speciale per i visitatoridiversamente abili. In breve, tutto ciò di cui il turista ha bisognoper rendere ancora più facile e sicura la propria vacanza. Un’assistenza telefonica in inglese, francese, spagnolo, tedesco,cinese, russo e naturalmente italiano permetterà di superare in modoveloce le difficoltà linguistiche e culturali offrendo una rispostaimmediata ed efficace alle diverse esigenze che si potrannomanifestare durante il soggiorno nel nostro Paese.

Evanilto disse...

://www.oriundi.net/index.php Turismo Nasce Easy Italia, il nuovo servizio telefonico multilingue diinformazione e assistenza ai turisti [it]terça-feira - 18/05/2010 Imagem: Turismo in ItaliaTutti i giorni,al numero 039.039.039, chi visita l'Italia potrà avereaiuto e pronto intervento in caso di incidenti o disagi di varianatura. Parte “Easy Italia – In vacanza senza pensieri” il nuovoservizio telefonico multilingue di informazione e assistenza aituristi italiani e stranieri, realizzato dal Formez PA per conto delMinistro del turismo. Tutti i giorni, domenica e festivi compresi, dalle 9,00 alle 22.00, alnumero 039.039.039 (tre volte il prefisso internazionale dell’Italia),con una semplice chiamata, chi visita l'Italia potrà avere aiuto epronto intervento in caso di incidenti o disagi di varia natura(eventuali disservizi o servizi turistici non conformi al contratto,richiesta di intervento medico, delle forze dell’ordine etc),collegamento diretto con le reti informative dei vari territori,consigli di viaggio, consulenza dedicata per conoscere i propridiritti di viaggiatore, informazioni aggiornate su musei, mostre,attrazioni turistiche e un’assistenza speciale per i visitatoridiversamente abili. In breve, tutto ciò di cui il turista ha bisognoper rendere ancora più facile e sicura la propria vacanza. Un’assistenza telefonica in inglese, francese, spagnolo, tedesco,cinese, russo e naturalmente italiano permetterà di superare in modoveloce le difficoltà linguistiche e culturali offrendo una rispostaimmediata ed efficace alle diverse esigenze che si potrannomanifestare durante il soggiorno nel nostro Paese.

Evanilto disse...

CABRESTO IDEOLÓGICO SIM SENHOR

Por Erlei Perini



Há pouco li um artigo, escrito pelo economista e escritor Rodrigo Constantino, que abordava essencialmente a questão do “voto nulo”. Dizia que no momento que a população se organizar em busca de um propósito definido, o voto nulo, a voz da massa ecoará e terá lugar, ou seja, será ouvida.

Esse pertinente pensamento fez-me recordar da herança que nos puseram, como a moda gaúcha: “guéla a baixo”, a fim de seguirmos um padrão pré-destinado de comportamento.

Povo bom é o povo inculto e disciplinado, herança de Comte que ressoa nos dias atuais de uma forma não menos intensa que antes, apenas de uma maneira diferente, perversamente adaptado para os pensamentos atuais.

Apesar de muita gente lúcida repudiar e divulgar os tantos atos insanos encoberto pela burguesia comunista (aliados a Chaves e Castro), sabemos que outros milhões, instintivamente alienados pelo ínfimo gozo de ganhar 30 reais ou menos pelo seu voto, ou talvez um cargo público se juntar mais 50 eleitores aos seus 30 reais, se calam. Gozo que parte de uma ferida narcísica talvez jamais cicatrizada, mas que garante a ciranda inconsciente de “pão e circo”. Gozo desencadeado pela falsa tranqüilidade aprendida dos anos heráticos divulgados pelo poder burguês. Gozo que se repete ano após ano com princípios semelhantes em que, só muda a figura do ditador moderno, disfarçado em uma imagem suave e libertadora.

Parece-me que o vocábulo “crítica” pertence a poucos, e “senso crítico” a uma ínfima minoria que se quer é ouvida. A grande massa de “animais sociais” sem dúvida se limita a pensar, pois lhe são garantidas a manutenção da herança podre de anos de história, reforçado pela classe intermediária que se esconde atrás da “tolerância”, a qual garante uma hieraquização, para não falar em “alienação”. E os pensantes? Quem são? Sem dúvida os que chegam primeiro na corrida dos votos.

Acredito que seja impossível ser vencedor nas urnas sem compreender a dinâmica cultural de analfabetismo funcional disseminada. Talvez o voto de “cabresto ideológico” seja a forma que impera em nossos dias. Quanto mais tecnologia, menos intelectualidade para a massa e logicamente menos crítica, espaço onde o poder se fortalece no princípio do paternalismo.

Se hoje as relações estão horizontalizadas, pelo processo de globalização, grande parte dos sujeitos estão assustados e buscam um “pai social” a fim de manter a velha verticalidade, e infelizmente encontram. A contínua “infantilização” imposta por ditadores garante a figura edípica de um “pai” e consequentemente alivio da angústia. Se por um lado o individuo abafa suas angustias tendo a falsa ilusão de um pai social, por outro ele reforça sua precária e inútil identidade na venda de seu voto, afinal ele precisa nutrir a falsa esperança de que é dono de si.

Reitero as palavras do Constantino quando prefere escolher “um filho a perder os dois”, porém me recuso a ter esperança por dias melhores na política praticando a tolerância.

Jessy Perini. disse...

Alexandrino Perim era meu bisavó por parte da mãe que veio da italia, mas qndo chegou aqui o pessoal do cartorio começou a registra errada e por isso passou de Perim pra Perini
Se tiverem alguma informação sobre ele seria muito util.

Evanilto disse...

http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/efe/2010/07/28/nao-ter-amigos-e-tao-perigoso-como-fumar-ou-consumir-alcool-em-excesso.jhtm

28/07/2010 - 15h33 / Atualizada 28/07/2010 - 15h55
Não ter amigos é tão perigoso como fumar ou consumir álcool em excesso

Washington, 27 jul (EFE).- Não ter amigos pode ser tão perigoso para a saúde como fumar ou consumir álcool em excesso, diz um estudo de cientistas americanos publicado hoje no site da revista "PLoS Medicine".

Os especialistas asseguram que o isolamento é ruim para a saúde e, no entanto, esta é uma tendência cada vez maior em um mundo industrializado no qual "a quantidade e a qualidade das relações sociais estão diminuindo enormemente".

Estudos prévios demonstraram que as pessoas com menos relações sociais morrem antes daqueles que se relacionam mais com amigos, conhecidos e parentes.

Por isso, preocupados com o aumento de pessoas que se relacionam menos com as outras, os cientistas analisaram como um isolamento excessivo pode afetar a saúde.

Para isso, os pesquisadores recorreram a 148 estudos prévios com dados sobre a mortalidade de indivíduos em função de suas relações sociais.

Após analisar os dados de 308.849 indivíduos acompanhados durante uma média de 7,5 anos, os cientistas descobriram que as pessoas com mais relações sociais têm 50% mais chances de sobrevivência do que quem se relaciona menos com outras pessoas.

Segundo os especialistas da Universidade Brigham Young, do estado do Utah, e do Departamento de Epidemiologia da Universidade da Carolina do Norte que participaram do estudo, a importância de ter uma boa rede de amigos e boas re lações familiares "é comparável a deixar de fumar e supera muitos fatores de risco como a obesidade e a inatividade física".

Estes resultados também revelam que, analisando a idade, o sexo ou a condição de saúde do indivíduo, a integração social pode ser outro fator levado em conta na hora de avaliar o risco de morte do indivíduo.

"A medicina contemporânea poderia se beneficiar do reconhecimento de que as relações sociais influem nos resultados de saúde dos adultos", apontam os responsáveis pelo estudo, para quem médicos e educadores poderiam advertir sobre a importância da relações sociais da mesma forma que defendem o antitabagismo, uma dieta saudável e a realização de exercícios.

Anônimo disse...

Oi, meu nome é Gisele Martins Perini, sou de Santa Maria RS, achei o site e o blog na internet porque estou fazendo um trabalho de Heráldica pra faculdade.. muito legal saber da existência do site. Aqui em Santa Maria tem uma associação italiana (AISM) na qual eu faço parte do Coral Giuseppe Verdi, cantamos várias musicas italianas e estamos com um projeto para ir visitar a Itália. A partir de agora vou acompanhar o site...beijos a todos e espero ter ajudado em alguma coisa...

Anônimo disse...

Boa tarde,acabei de encontrar este site,não tinha conhecimento,me encantei com a possibilidade de conhecer mais sobre os imigrantes que constitui à família Perini.Meu nome ..Dorly Perini,minha família é de Indaiatuba e de Jundiaí .Meu avô Atílio Perini chegou ao Brasil ainda menino,mas os seus documentos estraviram e ele recebeu novos documentos brasileiros .

www,familiaperini.com.br disse...

Trentinos de Laurentino e Rio do Oeste--- fazem viagem de agradecimento pela visita de fratelli mattarellensi---e recebem as bençãos da sua santidade o papa Francesco--Bergoglio


https://www.facebook.com/rbatv/videos/2170146866597191/?hc_ref=ARQf3aJZtG20uhgA-qW7-acnmxUyfrdebD_8Wjg6taT-n7ZDKw_O5atNQr27aGVlTVI